Investigação Física na Acondroplasia

A ANDO convida todas as pessoas com acondroplasia, residentes em Portugal com idades entre os 18 e 80 anos, a participar no Estudo de Investigação de Caracterização Física, Biomecânica e Psicológica na acondroplasia.

Para participar neste estudo basta enviar um e-mail com o assunto:

"Quero participar no estudo de investigação na acondroplasia"

Conheça melhor este estudo nas seções seguintes:

Qual o objetivo do Estudo
O objetivo principal do projeto de investigação é a caracterização física, biomecânica e psicológica em associação com atividade física, exercício e desporto adaptado de pessoas com acondroplasia. Para isso, pretende-se avaliar o maior numero de adultos possivel, entre os 18 e os 80 anos.
Objetivos secundários:
  • a) Identificar as avaliações físicas e questionários mais adequadas que possam ser aplicados de forma consistente e sejam adaptados e satisfatórios de realizar para os participantes.
  • b) Identificar evidências e lacunas no conhecimento sobre a atividade física, exercício e desporto adaptado em pessoas com acondroplasia.
  • c) Identificar as características físicas e biomecânicas facilitadoras e desafiadoras para o exercício.
  • d) Investigar as experiências e desafios na realização de atividade física, exercício e desporto adaptado através de questionários e entrevistas semiestruturada.
  • e) Identificar quais as mudanças na composição corporal, força, capacidade para o exercício e estado psicoemocional relacionadas com um programa de exercício físico.

 

Quais os Benefícios para os participantes

Este estudo, além de trazer benefícios para as comunidades científica e médica — através do levantamento de dados e da investigação levada a cabo — promove também um conjunto de benefícios diretos para os participantes:

  • Compreender a sua condição corporal e capacidade física geral
  • Conhecer a sua capacidade cardíaca e respiratória
  • Conhecer a sua Força, Energia e Equilíbrio
  • Saber o seu estado articular
  • Identificar as suas necessidades nutricionais
  • Melhorar a sua qualidade de vida

 

Receberá um relatório com todos estes dados.

Quem realiza o Estudo

A Investigadora Principal deste estudo é Inês Alves, aluna do doutoramento em Motricidade Humana pela Universidade de Évora (UÉ) e Presidente da ANDO.


Tem como orientadores o Prof. Doutor Orlando Fernandes, a Profª. Doutora Maria António Castro e a Profª. Doutora Sofia Tavares.

O que inclui o Estudo

O Estudo divide-se em 3 componentesQuestionários de Saúde; Avaliação Física e do Movimento; Entrevista online.

...
1. QUESTIONÁRIOS
DE SAÚDE
...
2. AVALIAÇÃO FÍSICA
E DO MOVIMENTO
...
3. ENTREVISTA
PESSOAL
Onde e quando se realiza

Este estudo irá decorrer no Laboratório Robocorp do Politécnico de Coimbra.

Outros locais: Instituto Rizzoli (Bolonha, Itália); Universidade de Graz (Áustria).

Estará ativo a partir de 15 de setembro de 2022 até 30 de junho de 2023. A sua participação, tanto na avaliação física presencial como na entrevista online, será agendada de acordo com a sua disponibilidade.

Custos e despesas

Os custos que possa ter com a participação no estudo ficarão a cargo do projeto. As despesas de deslocação que tenha serão reembolsadas. Deverá guardar os recibos e faturas destas despesas.

Privacidade e Confidencialidade

A confidencialidade e a privacidade dos dados são asseguradas pelo anonimato das respostas e não é pedida qualquer autenticação eletrónica. Toda a informação recolhida destina-se apenas para fins académicos e científicos.

A participação neste estudo é livre, bem como a interrupção a qualquer momento e não terá qualquer custos em participar nesta validação.

Caso decida participar, ser-lhe-á pedido também que leia atentamente e assine um consentimento informado.

Mais informações

Os riscos associados ao estudo são praticamente nulos, limitando-se àqueles derivados da realização de marcha ou corrida por breves momentos. Poderá surgir alguma fadiga física, algum cansaço devido às medições e/ou leve incómodo pela colocação da instrumentação (sensores) para a análise

Se tiver alguma dúvida sobre o estudo, a qualquer momento pode contactar a investigadora:

[email protected] ou 910 442 840 — Inês Alves
Apoio
PARTILHAR: