Iniciativas & Projetos

Projetos em Desenvolvimento:

 

Para estimular interesse e criação de conhecimento sobre displasias ósseas, criámos a Bolsa ANDOUma iniciativa inovadora e uma oportunidade única para que alunos de cursos de saúde de instituições de ensino público portuguesas possam aprender com as mais conceituadas e reconhecidas equipas do mundo em displasias ósseas.

Modelo da Bolsa:

  • Estágio extracurricular ou externship de 2 semanas intensivas em ambiente hospitalar.

  • Será um complemento formativo para os alunos das áreas de medicina e fisioterapia, reforçando as suas competências e procurando que, como profissionais, saibam o que fazer e recomendar aos pacientes.

  • A Seleção dos alunos é feita por um júri nacional e internacional.

Quantas Bolsas serão atribuídas?

  • Serão atribuidas 2 bolsas, uma bolsa a um aluno de mestrado integrado em medicina e outra bolsa a um aluno de licenciatura em fisioterapia.

O projeto É COMO É é candidato ao Cidadãos Ativos- EEA Grants, um programa que visa fortalecer a sociedade civil e a cidadania ativa e empoderar os grupos vulneráveis. Terá como objetivo capacitar as crianças para a diferença física através da arte.

É um projeto em parceria, tendo como promotor a APC-Academia de Produtores Culturais e como parceiros:

Este projeto tem potencial de ser recriado em outras zonas do país. Aguardamos agora os resultados das candidaturas, que serão conhecidos em Fevereiro 2021. 

 

 


O Estudo de Qualidade de Vida nas Displasias Ósseas foca-se na área da análise da Qualidade de Vida Relacionada com a Saúde (HRQoL).

A medição da HRQoL é um instrumento fundamental para pessoas com doença, prestadores de cuidados de saúde e reguladores.

Objetivos:

  • Desenvolvimento e validação de um questionário sobre a qualidade de vida relacionada com a saúde (HRQoL) para pessoas com displasias ósseas;

  • Avaliação da HRQoL de pessoas com displasias ósseas em Portugal.

A ANDO Portugal promove este projeto que tem como parceiros:

Este projeto Europeu, #Mobilidade Óssea Rara (#RareBoneMobility) liderado por 4 alunos de Mestrado da FH JOANNEUM (Universidade de Ciências Aplicadas, Áustria) pretende estudar aspectos de mobilidade de pessoas com condições ósseas raras na Europa, utilizando a análise de fotografias de indivíduos através de um método Photovoice que analisa "A voz das imagens".

Os participantes devem ter 18 anos ou mais e podem enviar fotografias, até 31 de maio 2021, que serão a base para investigar múltiplis aspectos da mobilidade quotidiana de adultos com doenças ósseas raras.

 Este projeto tem o apoio directo da: 

Participe!

Consulte o folheto informativo do projeto aqui.

 

PARTILHAR: