Medicamento da Pfizer para acondroplasia - Potenciais benefícios clínicos

Um estudo1 recente realizou uma caracterização in vitro e in vivo do Recifercept, um receptor solúvel de factor de crescimento de fibroblasto 3, como tratamento para acondroplasia.

A acondroplasia é uma doença rara causada por mutações no gene que codifica o recetor 3 do fator de crescimento dos fibroblastos (FGFR3). As mutações neste gene, importante para o crescimento linear dos óssos, são conhecidas por causarem os traços característicos em diversas condrodisplasias, pois conduzem a um aumento anómalo da sinalização que impede o crescimento ósseo2.


Um novo paradigma de tratamento para crianças com acondroplasia

O Recifercept é um medicamento inovador desenvolvido pela Pfizer e que se encontra em ensaios clínicos, com potencial para o tratamento da acondroplasia devido ao seu papel de normalização da sinalização do gene FGFR3 mutado, promovendo o crescimento ósseo normal3.

O estudo demonstrou que o recifercept, além de ser capaz de restaurar in vitro (em modelos celulares) a sinalização normal de células importantes para o crescimento ósseo, provocou também o aumento do crescimento dos ossos longos e do pesso corporal in vivo (em modelos de ratinho)4 e, além disso, o aumento da dose administrada anulou o fenótipo da acondroplasia e restabeleceu o crescimento normal do esqueleto (ver Fig. 1).


Fig. 1. Resultados do estudo in vivo com ratinhos que receberam injecção subcutânea de recifercept ou placebo (PBS). 

 

Interpretação de resultados

A radiografia à esquerda da imagem compara as alterações no comprimento dos ratinhos. De cima para baixo: ratinho selvagem de controlo (PBS); ratinho c/ mutação controlo; ratinho c/ mutação e dose 3 mg/kg; ratinho c/ mutação e dose 10 mg/kg.

À direita, o gráfico apresentado demonstra as alterações no no peso corporal (topo) e no crescimento (em baixo). A preto o ratinho sem mutação; a branco o ratinho com mutação e placebo; a cinzento claro o ratinho com mutação e dose de 3 mg/kg e a cinzento escuro o ratinho com mutação e dose de 10 mg/kg. A análise tanto da radiografia como dos gráficos assinala que ocorreu um claro aumento do crescimento, dependente da dose, nos ratinhos que receberam recifercept.

No seu conjunto, estes dados sugerem fortemente que o recifercept, atualmente em desenvolvimento, pode ser capaz de conduzir a benefícios clínicos, ao inverter os mecanismos moleculares responsáveis pelos défices de crescimento observados em crianças com acondroplasia.

Leia o artigo completo aqui.

 

Saiba mais sobre:

 

Referências

  1. Gonçalves D, et al. In vitro and in vivo characterization of Recifercept, a soluble fibroblast growth factor receptor 3, as treatment for achondroplasia. PLoS One. 2020;15(12):e0244368. Published 2020 Dec 28. doi:10.1371/journal.pone.0244368
  2. Unger S, Bonafe L, Gouze E. Current Care and Investigational Therapies in Achondroplasia. Curr Osteoporos Rep. 2017;15(2):53–60. 10.1007/s11914-017-0347-2
  3. Ornitz DM. FGF signaling in the developing endochondral skeleton. Cytokine Growth Factor Rev. 2005;16(2):205–13. 10.1016/j.cytogfr.2005.02.003
  4. Naski MC, Ornitz DM. FGF signaling in skeletal development. Front Biosci. 1998;3:d781–94. 10.2741/a321
PARTILHAR: